Suposições

Talvez cresçamos, para ver se as estrelas são de fato verdadeiras,

Para provar que as nuvens não são feitas de algodão, mas de sonhos.

Talvez vivamos, para descobrir se a imortalidade é real,

Ou continuemos mortos neste universo paradoxal


Neste mundo de feras e sobreviventes,

Loucos e seres humanos,

Talvez nós, apenas nós,

Sejamos para sempre crianças, brincando entre roseiras e serpentes.

L. L. D.

© 2016-2024 Lucas de Lazari Dranski. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Webnode Cookies
Crie seu site grátis! Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também! Comece agora